Como receber indicações de cerimonialistas e decoradores

Tempo de leitura: 4 minutos

indicações de cerimonialistas e decoradoresRecentemente, em um congresso de fotografia, um dos clientes Indimagem me abordou dentro do estande com uma pergunta interessante:

“Eduardo, eu tenho muita dificuldade para entrar no mercado, começar a fotografar sabe? Eu não sei o que fazer para que as cerimonialistas me indiquem. Será que eu devo chegar lá e pagar comissão para ter indicações de cerimonialistas e decoradores?”

É realmente intrigante a frequência com que essa pergunta surge (quase semanalmente), vinda de ouvintes no Fotologia Podcast. Então, pra ajudar a resolver esse problema, conversei com vários colegas experientes e chegamos à conclusão de que nessa situação o relacionamento é essencial e nem sempre o pagamento é o seu melhor amigo.

Para exemplificar isso, acredito fortemente na máxima da gratidão:

“Entregue primeiro, peça depois.”

Mas, como isso funciona? Basicamente você precisa resolver algum problema da pessoa com quem quer se relacionar. Assim irá acionar um “gatilho mental” poderoso chamado de “Gatilho da Reciprocidade”.

Basicamente, trata-se de um processo que acontece no nosso inconsciente e é ativado quando recebemos um favor de alguém, sem que essa pessoa peça nada em troca. Ao recebermos o favor, nosso inconsciente trabalha e cria um sentimento de gratidão e uma vontade de retribuir de forma verdadeira e amigável.

É a antiga lição de “dar para receber”.

Mas como usar isso de forma prática?

Segue a minha dica certeira para você acionar esse gatilho mental e ter, antes do que imagina, muitos clientes indicados pelas cerimonialistas:

Ofereça-se para ir ao evento do próximo sábado fotografar toda a decoração para a cerimonialista, desde a montagem do salão, até as coisas prontas. Geralmente o fotógrafo oficial do casamento não tem tempo de fazer essa cobertura prévia, então você estará oferecendo algo extra para a cerimonialista, que não prejudica o trabalho do outro colega.

A ideia aqui é oferecer essas fotos gratuitamente para ela utilizar no seu site/blog, além, é claro, de entregar alguma coisa impressa (que ficará sempre à mão e terá um valor percebido muuuuuito mais alto). Um produto bonito e barato que pode ser usado nesse caso é a REVISTA EXPRESS 230 no tamanho 21x29cm, aqui da Indimagem.

http://www.indimagem.com.br/linha/12/standard/revista

Revista Indimagem
Revistinha bacana hein?

Pensa só quando você tiver feito umas 3 ou 4 revistinhas dessas, o nível de carinho e gratidão da cerimonialista por você!

Outro detalhe importante é você possuir um motivo nobre para fazer o que está fazendo. Nesse caso, o seu motivo não pode ser simplesmente esperar pelas indicações. Pense em algo como:

“Eu amo a fotografia e gosto muito de praticar a minha paixão em situações onde as minhas fotos fazem a diferença para alguém. Seria uma alegria poder participar de um dos seus eventos e perceber que as minhas fotos vão ajudar a valorizar a beleza dos seus serviços e ajudar mais noivas a fazerem as escolhas certas.”

É legal se sentir assim, certo? Quando demonstramos o motivo, as pessoas tendem a aceitar até três vezes mais o que oferecemos.

Você não precisa e nem deve colocar seu logo nessas fotos. A intenção é fazer relacionamento com a cerimonialista, de forma franca e sem buscar holofotes.

Não esqueça também de conversar com o fotógrafo que fará a cobertura do casamento (ligue para o cara), explicando que você irá fotografar única e exclusivamente a decoração para a equipe de cerimonial e que não irá atrapalhar, nem fará uso direto das fotos para sua própria divulgação/promoção pública. Provavelmente o outro fotógrafo não terá oportunidade de se encontrar com você no dia, mas informá-lo previamente demonstra respeito pelo trabalho dele e deixa todo mundo ciente, evitando mal entendidos.

Ahhh, e se você for determinado mesmo, vai oferecer de forma gentil e respeitosa essas fotos editadas para o colega na segunda-feira, pro caso de ele querer complementar os cliques de decoração, sem exigir nada em troca (tá vendo, mais um que pode vir a retribuir você no futuro).

Depois disso faça a seguinte pergunta para o fotógrafo: “Gostou das minhas fotos? Se você quiser e me der oportunidade, posso te oferecer minha ajuda. Do que você precisa?”

Agora é sua vez. Assuma de uma vez o compromisso, bata na porta das cerimonialistas e decoradores da sua cidade, faça algo legal por elas e depois me conte aí o que aconteceu.

Gostou do tema? Assista os vídeos abaixo onde eu falo mais a respeito:

#064 – Como fotografar com OS MELHORES


DE CARONA #002 – Como começar na Fotografia com 18 anos

DE CARONA #001 – Começar na Fotografia depois dos 30 anos

 

17 Comentários




  1. Ele pode até ser um bom direcionador de relacionamentos , porém vejamos bem se na prática isso funciona , ” fotografar a decoração que outro fotógrafo irá cobrir. ” não poderia ele repassar aos parceiros, existe outras formas de obter e iniciar relacionamentos e essa não é uma boa forma . ( quando devemos elogiar elogiamos, quando discordar também . ) haja visto o intuito do post e iniciar relacionamento porém a chance de criar um atrito é bem maior , e se é pra dar dicas a nível nacional pensamos bem antes , pois aos que estão iniciando pode ter um péssimo início. ( há muitas outras maneiras )

    Responder

    1. Fala Thiago! Obrigado pelo seu comentário. Respeitamos seu ponto de vista e agradecemos por colaborar na discussão. =)
      Abração

      Responder

  2. Outra dica é fazer essa revista para os salões de beleza, sabe aquelas 200 fotos da maquiagem q a noiva só escolhe uma pra por no álbum? Imagina entregar um livro destes para a Dona do salão, mostrará a todas as suas futuras clientes!

    Responder

  3. Achei super legal essa dica.
    engraçado que nós temos a ferramenta nas mãos e muita das vezes sem saber usar,
    ai vem você e bummm nos abre os olhos rsrsr.
    muito boa essa ideia.

    obrigada

    Responder

    1. Valeu Andrea, não deixe de conferir os outros posts aqui do blog, sempre com dicas valiosas. Abração

      Responder

  4. Por aqui é triste, tenho vários portefolios em buffet e o que eles querem é de graça e não fazem indicações.

    Responder

    1. Oi Wilson, entendo sua situação, por isso essa dica é mais focada diretamente na cerimonialista e na solução que você presta pra ela. Se conseguir, tente fazer o teste. Aqui na minha região temos casos seguindo esse método ensinado no post e funcionando muito bem. Abração

      Responder



  5. massa..gostei bastante…super fã de vcs! Vou adquirir essa hábito.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *