Desvendamos os 6 principais mitos da fotografia

Tempo de leitura: 6 minutos

Não é segredo para ninguém que a história da fotografia é bem longa. E, durante todos esses anos, essa atividade passou por diversas transformações, gerando muitas questões que apavoram e confundem os profissionais iniciantes: os mitos da fotografia.

Mas não se desespere! Embora circulem entre as rodas de conversa, a maioria dessas afirmações não passam de inverdades compartilhadas por falta de experiência.

Pensando nisso, nós desvendamos os 6 principais mitos da fotografia que você precisa conhecer. Confira!

1. As melhores fotos são tiradas ao final do ensaio

Existe um mito que diz que as melhores fotos de um ensaio são as feitas no final. Isso porque, geralmente, as pessoas fotografadas ficam mais tensas no começo e tendem a se soltar no ensaio aos poucos.

Entretanto, isso é um mito. O resultado das fotos capturadas, seja no começo ou no fim da sessão vão depender do desempenho do profissional por trás da lente. Ou seja, quando conduzidas de forma segura e tranquila, as imagens ficam boas independente do momento em que são feitas.

Para evitar esse tipo de problema, que realmente pode acontecer, é essencial trabalhar o seu relacionamento com o cliente, focando toda a sua atenção na direção. Converse com as pessoas fotografadas, tire todas as dúvidas e faça com que elas se sintam confortáveis com a sua presença.

2. As fotos perdem a qualidade na impressão

É bem verdade que o consumo de fotografias e imagens está a cada dia mais digital, mas a impressão, seja para álbuns ou portfólios, ainda é muito utilizada e traz um aspecto mais especial e lúdico para os momentos capturados.

Mas na hora de revelar as imagens, muitos profissionais ainda ficam apreensivos com o mito da qualidade da impressão. Isso porque, dizem por aí, as fotos perdem a qualidade ao serem impressas. Não se preocupe, isso não passa de mais um mito.

Essa teoria surgiu porque antigamente as imagens capturadas pelas câmeras tinham baixa qualidade e, em consequência, as fotografias impressas não eram tão boas quanto o esperado. Hoje em dia, o avanço da tecnologia e dos equipamentos disponíveis no mercado contribui para que os resultados sejam cada vez mais satisfatórios e próximos da realidade.

3. Quanto mais megapixels melhor é a câmera

Um dos mitos da fotografia mais comuns, essa teoria afeta principalmente aos leigos e fotógrafos iniciantes. A maioria das pessoas acredita que a quantidade de megapixels de uma câmera define a sua qualidade técnica, mas isso não é verdade.

Na realidade, essa foi apenas uma característica explorada pela indústria para vender mais equipamentos fotográficos e diferenciar os produtos de forma simples. Os megapixels não influenciam diretamente na qualidade de uma imagem, mas no tamanho que ela pode atingir.

O que define a qualidade de uma fotografia, além da experiência do profissional, é o sensor ótico da câmera, que faz a captação da luz recebida pelo equipamento e afeta a nitidez e demais aspectos fundamentais da imagem. Além disso, equipamentos adicionais, como lentes e estabilizadores, podem influenciar muito mais do que os megapixels disponíveis.

4. Os bons fotógrafos só usam o modo manual

Ao contrário do que a maioria das pessoas acredita, bons fotógrafos não são aqueles que usam apenas o modo manual, mas sim quem sabe usufruir de tudo o que o seu equipamento tem a oferecer. Isso significar conseguir identificar o que determinada cena pede, escolhendo a melhor forma de produzir uma boa fotografia.

Mas, atenção: Não estamos dizendo que um fotógrafo não deve saber operar a sua câmera no modo manual. Isso é básico e essencial para sair do lugar-comum e alcançar bons resultados na sua fotografia. Entretanto, fotografar sempre assim não é uma regra.

Da mesma forma que um músico não precisa conhecer todas as escalas para fazer boa música, ou um artista plástico dominar todas as técnicas para criar belos trabalhos, o fotógrafo não precisa se prender a obrigações teóricas. Basta produzir um trabalho de qualidade, que atenda as expectativas do seu cliente.

5. Só é possível fazer boas fotos com equipamentos de alto nível

Outro grande mito que assombra os fotógrafos iniciantes! Ao entrar no mercado, é comum se deparar com profissionais que possuem equipamentos robustos, cheios de acessórios e “parafernalhas” que você nem sabe muito bem para que servem. Isso intimida e faz você pensar que nunca chegará num nível profissional.

Mas, calma! Não é preciso ter pânico. O investimento em tecnologia, na maioria das vezes, é consequência de um trabalho bem-feito que, não necessariamente, começou com um equipamento de ponta. Acredite: para criar boas fotografias o elemento mais importante é o fotógrafo e não a câmera que ele possui.

Para comprovar que isso não passa de um mito basta olhar para a evolução do mercado fotográfico. Até pouco tempo atrás, os melhores filmes do mundo tinham qualidade inferior às câmeras dos celulares de hoje. Ainda assim, muitos profissionais fizeram história, transformando as suas imagens em verdadeiras referências mundiais.

Sendo assim, não se intimide. Foque os seus esforços em estudar e aperfeiçoar a sua técnica e olhar. Assim você terá resultados incríveis mesmo que não possua o melhor equipamento disponível do mercado.

6. A lente do kit é ruim

Consequência direta do mito anterior, criou-se uma teoria no mercado fotográfico de que a lente do kit, que acompanha a lente, é ruim. Seja pelo preço baixo ou por ter uma funcionalidade mais básica, a verdade é que essa lente se transformou na verdadeira inimiga dos fotógrafos.

Embora sejam mais escuras e muitas vezes consideradas limitadas, é possível fazer fotos incríveis apenas com a lente do kit. Tudo vai depender da sua área de atuação e até mesmo do seu estilo fotográfico.

Isso porque, cada lente tem um tipo de uso muito específico e, dependendo do caso, é extremamente desnecessário investir em lentes caríssimas apenas para fugir da 18-55mm.  Entenda o estilo de trabalho que você vai desenvolver e, caso haja necessidade, vá investindo aos poucos em outros equipamentos.

Viu só? Embora existam muitos mitos que rondam a fotografia é necessário estar atento para não se deixar enganar! Na dúvida, sempre pesquise e procure conhecer melhor sobre o tema.

Quer saber mais sobre o assunto? Entre em contato com a gente e tire todas as suas dúvidas sobre as principais dicas e mitos da fotografia. Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *