Dicas especiais para fotografia na chuva. Saiba aqui!

Tempo de leitura: 4 minutos

Se você ama fotografar, mas detesta dias chuvosos, que tal rever os seus conceitos? Já parou para pensar que fazer fotografia na chuva pode ser uma chance de produzir um trabalho incrível?

Com alguns truques, é possível tirar proveito do tempo “carrancudo” e transformar cenas inexpressivas em algo cheio de mistério, drama e até poesia. No post de hoje, mostraremos 5 dicas para explorar aquele dia melancólico e entregar às pessoas ensaios fotográficos memoráveis. Confira!

Como fazer fotografia na chuva

1. Aproveite os reflexos da água

A procura por imagens surpreendentes faz parte do cotidiano de fotógrafos criativos, que primam pelas fotos artísticas. Nos dias de chuva, essa possibilidade pode ser vista em algo indesejável para muitos e despercebido pela maioria das pessoas: as ameaçadoras poças d’água.

Isso mesmo! É lá que muitas imagens revelam o inusitado, o poético. O segredo é ter paciência e insistir no posicionamento da câmera em ângulos um pouco incomuns, muito próximos ao chão, a fim de criar um efeito de espelhamento. É um pouco trabalhoso, mas o resultado é magnífico.

2. Use luz de fundo

Quando você consegue usar uma iluminação de fundo, a visibilidade da chuva se destaca. A luz que surge por trás das gotas d’água fica concentrada e com um brilho mais acentuado que o restante da cena. O correto é encontrar fontes de luz que favoreçam esse efeito e clicar contra elas, como a lâmpada de um poste à noite, o sol aparecendo através das nuvens, faróis de carros etc.

Quanto mais apontar para a luz, mais visíveis ficarão as gotas de chuva. No entanto, procure o foco ideal — nem mais nem menos — e o ângulo mágico e desafiador que faz toda a diferença. É por isso que paciência é o ingrediente chave do sucesso desse tipo de foto.

3. Use pouco flash

Utilizar o flash sem o devido cuidado pode estragar tudo sempre. Quando se fala em chuva, sabemos que esse recurso fará a luz refletir muito enquanto você tenta iluminar o alvo: gotas de chuva.

Porém, se você usar uma intensidade de flash muito baixa, será possível adicionar um pouco de destaque às gotas d’água. Isso não é fácil de conseguir e talvez sejam necessárias várias tentativas, mas vale pena.

4. Experimente possibilidades diferentes

Encarar o tempo chuvoso como algo ruim é muito relativo. Na maioria das vezes, um dia cinzento apenas muda a perspectiva e nos proporciona um cenário onírico e cheio de mistério. A neblina, por exemplo, pode atenuar cores e dar leveza ao plano de fundo, além de também garantir um ar sombrio e etéreo a lagos ou parques.

Encontrar beleza em cenas lúgubres provocadas por dias de chuva já rendeu muita fama e admiração na fotografia e no cinema. O céu nublado suaviza contrastes, mas as cores ganham mais vida criando cenários perfeitos para fotografar plantas e árvores, sem falar nas fotos em preto e branco, que ficam sensacionais.

O vento também é um grande aliado para dar movimento e improviso quando o ensaio fotográfico é feito com pessoas. A água invadindo os espaços tira todo mundo da zona de conforto e capta cenas que mostram como as pessoas podem parecer mais desprendidas.

5. Explore o pós chuva

Depois que as tempestades passam com todo o seu drama e intensidade, o ar parece límpido, tudo fica mais nítido, principalmente após um longo período de estiagem. Esse é um momento excelente para fotos notáveis de paisagens, com o sol começando a apontar e nuvens escuras ainda presentes no horizonte.

A fusão do céu ainda escuro com o brilho do sol cria um cenário deslumbrante. As cores se intensificam e os objetos parecem brilhar mais com a luz solar surgindo. O arco-íris é sempre uma ótima oportunidade para imagens incríveis, embora exija certa perspicácia para não perder a sua aparição, que nunca dura muito.

A fotografia na chuva sempre captura emoções provocando uma dose de saudosismo irresistível para a maioria das pessoas, e esse é seu maior encanto.

E você, já tentou fazer fotos em dias chuvosos? Quais foram as suas maiores dificuldades? Deixe o seu comentário e compartilhe um pouco das suas experiências!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *