Quanto tempo passar em uma cobertura de eventos?

Tempo de leitura: 6 minutos

Quando a gente começa a trabalhar com fotografia, é super normal ter dúvidas sobre as melhores formas de trabalhar e se relacionar com os seus clientes, não é mesmo? E, uma das questões mais comuns, que confundem até mesmo os fotógrafos mais experientes, é sobre o tempo de cobertura de eventos. Afinal, existe uma quantidade de horas ideal?

Embora essa pergunta seja difícil de responder, nós separamos algumas dicas que vão ajudar a descobrir de uma vez por todas qual é o tempo necessário para fazer a cobertura de um evento e evitar problemas nos seus próximos trabalhos. Confira!

Como se planejar para cobrir um evento?

Antes de definir um horário para colocar no seu orçamento, você deve ter em mente que a cobertura de um evento também exige muito planejamento dos fotógrafos. Existem muitos itens que devem ser lembrados e organizados o e cada um deles pode influenciar diretamente no seu tempo de serviço.

Prepare uma pauta com todas as principais informações sobre o evento, como local, duração, estilo, atrações, número de convidados, dentre outras coisas. Esses dados vão ajudar a montar um check list com todas as imagens que não podem faltar na sua cobertura. Além disso, eles são importantes na hora de calcular o tempo necessário para realizar todas as solicitações do cliente.

Quais são os principais tipos de evento?

Você já deve ter ouvido falar que existem diferentes tipos de evento que podem ser fotografados, não é mesmo? E a definição das horas de cobertura vão variar de acordo com o estilo, objetivo e necessidade de cada ocasião.

Pensando nisso, listamos alguns dos eventos mais comuns para os fotógrafos, explicando suas características e média de horário de trabalho. Confira abaixo:

Casamentos

Casamentos são, na maioria das vezes, eventos de longa duração. O mais comum é que o tempo varie entre 8 e 10 horas. Mas se você acrescentar o making of dos noivos e as horas extras de festas, o seu serviço pode se estender por um tempo bem maior.

Por isso, a prática mais comum do mercado nesses casos é não cobrar o valor por hora ou estipular um período de trabalho fixo. E sim estabelecer um orçamento levando em consideração a cobertura do dia em si.

15 anos

Assim como os casamentos, o aniversário de 15 anos é uma data muito marcante na vida das famílias e, por isso, os eventos costumam exigir um pouco mais do que outros tipos de festas e aniversários comuns.

Geralmente, uma festa de 15 anos tem em média 5 horas de festa. Mas se você também for realizar a cobertura do making of do evento, serão necessários mais 2 ou 3 horas de dedicação total. Nesses casos, é sempre bom deixar claro para os seus clientes que eles podem contratar horas extras da sua cobertura.

Festas infantis

Os aniversários de criança geralmente são feitos em casas de festas específicas para o público infantil e, por isso, contam com um horário bem regrado para começar e terminar. Em média, os locais oferecem entre 4 e 5 horas para o evento.

Nesses casos o parabéns costuma ser o momento mais importante e só acontece bem no finalzinho da festa. Por isso é importante você se planejar para ficar até o encerramento das atividades. Nossa recomendação é que você também chegue com alguns minutos de antecedência. Assim é possível registrar cada detalhe da decoração.

Chás de bebê e de panela

Por serem eventos menores, os chás não tem um padrão muito definido de horário. Geralmente, o tempo de cobertura nesses casos é bem reduzido e, se tudo funcionar conforme o planejado, é possível registrar todos os momentos importantes em 2 ou 3 horas.

Diferente dos aniversários, que tem o parabéns como atração principal, os chás exigem menos do fotógrafo e não necessariamente precisam ser registrados até os momentos finais. Mas, para evitar qualquer tipo de problema, lembre-se de sempre perguntar ao seu cliente sobre o tipo de cobertura que ele prefere.

Batizado

Os batizados são outro tipo de evento que é muito difícil definir um horário. Isso porque a duração da cerimônia pode variar muito de acordo com a quantidade de crianças, sendo super rápida ou demorando algumas horas. E nesses casos é preciso acompanhar tudo até o final, registrando cada momento da celebração.

O que pode variar no seu tempo de cobertura é o pós-evento. Isso porque algumas famílias fazem almoços ou pequenas festinhas após o batizado e, nesses casos, você pode combinar com os clientes a duração do seu serviço. Para entregar fotos dos parentes e amigos mais próximos, além da decoração, são necessárias entre 1 e 2 horas de trabalho.

Formaturas

Caso você seja contratado para fotografar uma formatura, o tempo de cobertura vai variar de acordo com o número de turmas envolvidas na cerimônia e a existência ou não de uma festa após a entrega dos canudos.

Para esse tipo de serviço, geralmente são contratados um grande número de fotógrafos. Eles ficam responsáveis por registrar cada momento da solenidade, além de realizar as fotos oficiais dos alunos e familiares antes ou depois da formatura. Nesse caso é necessário disponibilizar entre 3 e 6 horas para o trabalho.

Palestras ou eventos corporativos

Embora muitas vezes seja deixada de lado, a fotografia de palestras e eventos corporativos é tão importante quanto a de eventos sociais. Por isso, esteja atento para registrar cada detalhe, atrações e momentos importantes para os organizadores e participantes.

Em relação ao tempo de cobertura, a quantidade exata de horas muda de acordo com o tipo e dimensão do evento. Nesse caso é sempre bom conversar com os clientes para definir o melhor tipo de serviço oferecido.

Como calcular o tempo de cobertura de eventos?

Como você pode perceber até aqui não existe nenhuma fórmula mágica para calcular o tempo de cobertura de eventos. Muito pelo contrário! Os horários podem variar – e muito – de acordo com cada situação e a melhor forma de não sair no prejuízo e evitar imprevistos é conversar com os seus clientes com bastante antecedência.

Para definir o seu horário de trabalho você deverá considerar o tipo de evento a ser fotografado, a quantidade de convidados ou participantes, o local, horário de início e término das atividades, além da demanda do cliente por uma quantidade específica de imagens.

Embora possam parecer pequenos detalhes, cada uma dessas informações é essencial para planejar o seu roteiro de trabalho, definindo o tempo necessário para a realização que cada atividade. Afinal, você não vai querer entregar um serviço mal feito ou incompleto por falta de organização, não é mesmo?

E lembre-se: não vale jogar as horas de cobertura lá nas alturas e acabar se prejudicando depois, certo? Valorize o seu trabalho e tenha sempre em mente que “tempo é dinheiro”.

Quer saber mais sobre cobertura de eventos? Assine a nossa newsletter e receba todas as dicas e conteúdos exclusivos do assunto diretamente no seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *