Velocidade do obturador: como usá-lo para fotos mais incríveis?

Tempo de leitura: 4 minutos

A revolução digital é responsável por grande parte das tecnologias existentes no mercado fotográfico atual. Podemos observar uma série de facilidades graças aos equipamentos e aplicativos disponíveis hoje em dia.

Nesse sentido, o obturador figura como uma das ferramentas capazes de auxiliar o trabalho dos fotógrafos, permitindo o alcance de resultados impressionantes.

Quer entender como a velocidade do obturador ajuda a fazer fotos perfeitas? Basta continuar a leitura deste artigo: vamos mostrar as principais peculiaridades do dispositivo e dar dicas de como usar essa função com eficiência. Confira!

O que é velocidade do obturador?

O obturador consiste em um dispositivo presente no interior de câmeras fotográficas, exatamente atrás da lente. Esse componente é responsável por controlar o tempo e a quantidade de luz que entra no aparelho. Assim, quanto mais rápido o obturador trabalha, menos luz entra em uma fotografia, afinal, ele leva menos tempo para abrir e fechar.

Com a câmera nas mãos, o indicado é utilizar uma velocidade de disparo sempre acima de 1/60 segundos. Caso contrário, a foto tende a ficar borrada, visto que é grande a chance de pequenas tremidas na hora de registrar a imagem. O uso de um tripé é bastante útil nessa situação, especialmente quando falamos de disparos mais lentos.

Como configurar a câmera?

É comum que as câmeras tenham inscrições sobre as opções de velocidade do obturador. Dependendo do equipamento, há alternativas de disparos bem lentos, o que auxilia em situações de pouca luz, ou para os momentos em que se quer criar efeitos de movimento nas fotografias.

Desta forma, para obter o melhor resultado em sua fotografia por meio do obturador, é importante avaliar a intensidade de luz externa e a necessidade de capturar movimentos nas imagens — como rastros ou congelamentos. Portanto, para configurar a velocidade correta, é preciso determinar que objeto deseja capturar e as condições do ambiente.

Afinal, qual velocidade utilizar em diferentes situações?

Como falamos, a velocidade do obturador é uma ferramenta muito útil para promover o controle ideal de exposição das fotos. Além disso, empregando técnicas ao usar deste dispositivo é possível obter resultados incríveis, como pausar um movimento ou desfocar partes de uma imagem. Veja, a seguir, algumas dicas para utilizar a velocidade ideal do obturador para cada situação.

Corridas de rua

É importante lembrar que os corredores costumam ficar longe dos fotógrafos, então você precisa de uma lente longa. No geral, para conseguir um registro nítido, defina a velocidade do obturador para uma fração do comprimento focal usado, caso esteja com uma câmera full frame. Em outras situações, a velocidade mais indicada gira em torno de 1/160 segundo.

Automobilismo

Na maioria dos esportes é a velocidade do obturador que faz toda a diferença nas fotos. Para registrar movimentos rápidos, como no automobilismo, é primordial o efeito de congelamento. Sendo assim, o mais indicado é usar a velocidade de obturador em 1/1000 segundo.

Baladas noturnas

As festas noturnas permitem que você brinque com diferentes velocidades do obturador. Porém, levando em conta as luzes do ambiente, o flash e a movimentação das pessoas, o mais indicado é colocar o obturador com tempo entre 1/15 e 1/60 segundo — velocidades mais rápidas resultariam em fotos muito escuras.

Casamentos

Durante um casamento, você não pode deixar de fotografar nenhum momento, nem perder qualquer registro com borrões. Como as cerimônias são mais lentas e os ambientes têm boa iluminação, o obturador pode trabalhar com menos velocidade: recomenda-se até 1/60 segundo.

Atividades infantis

Em uma festa infantil, por exemplo, você congela vários movimentos, já que a criançada brinca bastante. Por isso, o obturador deve ter velocidade superior a 1/60 segundo. Mas atenção: compense a luz caso opte por um obturador trabalhando mais rápido.

Portanto, estude as dicas passadas e fotografe. Somente experimentando você compreenderá como de fato funciona o obturador de uma câmera. Escolha lugares movimentados e teste as diferentes velocidades de fotografia!

Use a imaginação para criar os mais variados efeitos nos registros. Afinal, não existe certo ou errado, e sim diferentes maneiras de fotografar uma mesma situação.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mundo da fotografia e turbinar sua carreira? Siga-nos nas redes sociais: estamos no Facebook, no Instagram e no YouTube!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *