Qual a lente ideal para fotografar gestantes?

Tempo de leitura: 7 minutos

Você está começando na fotografia, curtiu demais a ideia de clicar as mamães, porém agora se depara com uma grande dúvida: Qual a melhor lente para fazer fotografia de gestantes?

Lente para fotografar gestante

Antes de tudo gostaria de esclarecer que eu entendo a sua situação. Pode ser que você esteja começando, more em uma cidade pequena, ainda não tenha amigos fotógrafos e tenha dúvidas básicas, que dão receio de pedir para os “super gênios” da Internet.

Acredite, não tem nada de errado com isso, ninguém nasceu sabendo e eu mesmo (que não sou “super gênio”) farei questão de responder às suas possíveis dúvidas aí nos comentários. =)

Então calma, o Fotologia, a Indimagem e os Irmãos Vanassi vão te ajudar. A solução é mais simples e barata do que parece. Você só vai precisar entender algumas coisinhas para comprar a lente ideal.

OBS: Procurei utilizar analogias e o linguajar mais simples possível, para facilitar a compreensão. Alguns termos técnicos precisaram aparecer, mas fui bem informal, para facilitar mesmo e todo mundo entender, sem perder tempo. Atenção: Se você é super avançado e super técnico, pode até achar simples demais, mas a ideia desse post é ensinar de forma bem didática quem está começando mesmo. 😉

fotografia de gestantePra começar, precisamos entender qual é o seu equipamento. Então pergunto: você tem uma câmera “Full Frame” (sensor com tamanho equivalente ao antigo filme 35mm) ou cropada (sensor, geralmente, 40% menor do que o tal “Full Frame”)?

Isso faz toda a diferença na hora de entender a relação de distância focal (milimetragem da lente) e escolher a objetiva mais adequada para as mamães. De maneira muito (mas muuuuito) simples mesmo, o que ocorre é que a câmera cropada enxerga a imagem “mais de perto” do que a câmera Full Frame.

Como assim???? Por exemplo, se você usar uma lente 35mm na sua câmera cropada ela vai “enxergar” como uma lente 50mm enxerga na câmera Full Frame! Sacou?

Isso mesmo, ela parece dar mais “zoom” (estou imaginando os fotógrafos experientes querendo arrancar um dos meus rins porque eu expliquei desse jeito, hahahahaha, mas enfim, acho que você entendeu). 😘

Caso você não tenha entendido e ainda precise descobrir se sua câmera é cropada ou full frame, sugiro que assista aos vídeos abaixo, que explica de forma mais técnica o que acontece lá na câmera.

Aconselho também que você pesquise na Internet e descubra que tipo de equipamento é o seu para tomar a decisão certa! Para fins didáticos, assumirei aqui que você tem uma câmera Full Frame (até porque esse é o padrão que o mercado profissional usa atualmente e você já precisa se acostumar).

fotografia de família

Mas então, que lente escolher?

Vamos considerar alguns fatos:

1) Você não tem grana para investir em várias tralhas para iluminação, logo, precisa de uma lente clara (que enxergue bem com pouca luz).

2) Você não tem um estúdio, logo, terá que utilizar a luz ambiente (que nem sempre é boa) com a melhor qualidade possível. Em função disso, provavelmente, optará por fotografar na rua (fotos externas).

3) Você precisa de uma lente que não chame tanto a atenção, já que mora no Brasil e fotografar na rua é sempre um perigo (especialmente para as meninas).

4) Você, por fotografar na rua, tem espaço de sobra para caminhar para frente e para trás (não precisa de lente que varie milimetragem, zoom).

5) A grana está curta e você não pode investir milhares de reais em uma lente.

6) Você quer comprar uma lente que seja fácil de vender no futuro e que a manutenção seja simples.

E um dos principais motivos que eu vou explicar…

VOCÊ NÃO QUER QUE A SUA CLIENTE PAREÇA MAIOR DO QUE REALMENTE É, NAS FOTOS.

Porque, sim meu amigo, a sua lente pode estar deixando a mamãe (que às vezes está em um momento sensível) distorcida na imagem. E acredite em mim, é bem provável que a maior parte das clientes não quer se sentir “mais cheinha” nas fotos por culpa sua! Pelo menos é o que a maioria das clientes que atendi (e não foram poucas) pedem. 😊

Dê uma olhadinha na imagem abaixo e você entenderá o que eu estou falando. Ela apresenta as distorções que acontecem na imagem com o uso de diferentes lentes.

como escolher a lente


Como pode ser percebido, lentes acima de 50mm “achatam” os planos e fazem com que as pessoas pareçam maiores do que realmente são! A bem da verdade, o que acontece em lentes “teles” (de grande milimetragem) é que, oticamente, as orelhas do galã aí em cima são “puxadas” pra frente e acabam parando “do lado” da boca (ficam paralelas, na mesma profundidade) e isso faz com que ele pareça “mais cheio”, distorcendo a fisionomia real do modelo.

lente certa

Entenda que, no padrão full frame, a visão humana é representada por lentes com distância focal de mais ou menos 50mm, logo, essas lentes apresentam menos distorções, além de serem baratas em função da sua construção simples.

Acho que depois dessa explicação já ficou clara a minha dica né? Para clicar gestantes, opte por uma lente 50mm, que seja clara (f.2.8 ou mais aberta), de qualquer marca que encaixe aí na sua câmera. Pode até ser uma lente de entrada, que não é muito cara.

Entenda que essa é a construção ótica e mecânica mais simples de ser construída pelos fabricantes, logo, dificilmente alguma marca produzirá uma lente dessas com má qualidade.

As principais marcas e modelos (que atendem aos nossos requisitos) estão listadas abaixo e custam entre R$300,00 e R$800,00.

Lentes indicadas para câmeras full frame:
  • Nikon AF-S NIKKOR 50mm f/1.8
  • Canon EF 50mm f/1.8 STM
  • Yongnuo YN 50mm f/1.8

Ah, se você usa câmeras cropadas, as lentes 35mm são as que indico (pois elas irão “mostrar” o mesmo que uma 50mm full frame). Segue abaixo uma listinha:

Lentes para indicadas para câmeras cropadas:
  • Fujifilm XF 35mm f/2 R WR (todas as imagens de gestantes que ilustram esse artigo foram clicadas com ela)
  • Nikon AF-S DX NIKKOR 35mm f/1.8
  • Yongnuo YN 35mm f/2
  • Canon EF 40mm f/2.8 STM (tá bom, eu sei que essa não é 35mm mas é uma bela pedida por um preço justo)


fotografia de família eduardo vanassi
E quando você tiver uma graninha sobrando, pode completar a sua maleta de equipamentos com uma 85mm (para as mamães menores) e uma 35mm (para fotos de corpo inteiro e composições mais avançadas).

Agora, se você pretende trabalhar em estúdio, já é outra história e merece um post só para isso!

PS: Reitero aos amigos engenheiros da fotografia e doutores em “tudologia” que perdoem a simplicidade das explicações, porém, acredito que o óbvio precisa ser dito (e de maneira simples). Espero ter ajudado.

Um grande abraço e comentem o post aí né! 😉

Se você se interessa por fotos de família e fotografia de gestantes e quer aprender a viver disso, pode escutar os episódios do Fotologia Podcast sobre esses temas. É grátis! Seguem algumas sugestões:

 

54 Comentários


  1. Adorei o post. A linguagem excelente para pessoas como eu, que não sou fotógrafa, mas tenho interesse. Inclusive queria saber se pode me ajudar, indicando cursos para iniciantes, preferência pelo nordeste.
    Muito obrigada.

    Responder

    1. Oi Líris =)
      Eu te aconselho a procurar material para iniciantes no Youtube!!!!!
      Tem muita coisa legal e você pode aprender sem sair de casa, quando tiver a base pronta pode procurar profissionais para te ajudar em cursos presenciais.

      Responder

  2. Ótima explicação. Simples e objetivo.
    Está de parabéns pela iniciativa.

    Responder

  3. Gostei muito da matéria e da linguagem simples e objetiva que utilizou.
    Sou iniciante na fotografia a aprendi bastante com seu post.
    Obrigada!

    Responder

  4. Ola amei o post …. Tenho uma 35 mm e minha camera é cropada é a que mais estou usando…abraço e fico aguardando mais dicas

    Responder

  5. Me Ajudou essa Publicação Muito Obrigado. Mas estou com a câmera faz um tempo e Ninguém aceitou fazer um Ensaio, O que eu faço para conseguir ensaios fotográficos? Pôs até hoje não consegui nenhum 😓

    Responder

  6. Olá, Eduardo, boa noite! Pelo visto estou no caminho certo, uso a 50 mm (cropada) para fotografar gestantes. Agora estou querendo a 35 mm. Muito boa a matéria. Seria ótimo fazer uma matéria sobe lentes para festa infantil!

    Responder

  7. Olá Eduardo!
    Muito bem explicado e didático seu texto. Simples de entender para profissionais que já tem mais experiência e técnica, bem como para iniciantes. Aprendi coisas muito úteis para meu trabalho. Obrigada

    Responder

  8. Desde o onstage venho acompanhando mais o trabalho de vocês, sem duvidas conteúdo essencial para quem esta começando e tambem para quem ja esta atuando no mercado, ou seja, para todos. Parabéns pela proposta e pela disponibilidade em disseminar conhecimento! Abraço Eduardo!

    Responder

  9. Beleza Dudão como sempre muito didático em suas explicações.

    Responder

  10. Achei a explicação simples e direta para quem está começando. Uma sugestão sobre lentes para o próximo post. As lentes para câmeras FX e DX. Até um tempo atrás eu não sabia a sobre a diferença delas. 😉

    Responder

  11. Muito boa a postagem! explica de forma bem clara para os iniciantes .
    Obrigada

    Responder

  12. Cara parabens pela maneira simples e direta te passar alguns macetes da Arte da Fotografia ,FF para os fotografos que se acham .

    Responder

  13. Top heim Vanassi, parabéns por cada vez mais nos abastecer de conteúdo útil para que possamos viver nossos sonhos e participar do sonho de nossos clientes.

    Responder

  14. Ai como eu gosto de gente FinaEleganteSincera!!!!
    Falou tudo! Parabéns pelo post rico pra todos nós. Eu faço bastante gestantes e famílias e a um tempo uso 50 e 85. AMO! Um abração.

    Responder

  15. Gostei da simplicidade e clareza usada, principalmente para quem ainda não entende nada.
    Obrigada por partilhar conosco.

    Responder

  16. Adorei a matéria. Linguagem simples que me esclareceu muito.
    Sempre gostei de fotografia. Alguns amigos começaram a me chamar para fotografar eventos simples, caseiros. E agora as amigas gestantes também me chamam.
    Estou engatinhando na fotografia e essas dicas vão me ajudar bastante.
    Muito obrigada por dividir seu conhecimento conosco.

    Responder

    1. Muito Obrigado de coração por nos acompanhar =)
      Um grande abraço!

      Responder

  17. Como diria o poeta: “O simples é genial” boa guerreiro, de fácil entendimento e compreensão a explicação… Há e as que estão espumando kkkk ou querendo arrancar teu rins, lembrei de um workshop que fui do grande fotojornalista Evandro Teixeira, no mesmo falou que estava fotografando acontecimento pro jornal e tinha um jovem que chegou pra um fotografa desses que se acha fodão, pediu pra ensinar umas coisas e o cara disse tudo errado, o Evandro Teixeira estava do lado e quase quebra a câmera na cabeça do cara, foi lá e ensinou corretamente, então cara tu mano tá no caminho certo, OBRIGADÃO POR TUDO QUE OS VANASSI FAZEM PELA GALERA, DE CORAÇÃO MESMO…

    Responder

  18. E para casamentos?
    Ao ar livre de dia
    E na noite dentro e fora de igrejas?

    Responder


  19. Olá, minha câmera é crop, e tô aprendendo agora sobre fotografia, já entendi que uma 35mm na crop se torna uma 50mm e a 50mm na crop nikon, ficaria quanto? Pretendo adquirir futuramente a 85mm Nikkor, na crop ela seria mesmo 85mm ou vc indica outra para alcançar 85mm exatos!

    Responder

    1. Oi Jamile … A 85 vai ficar com “aparência” de mais longa … Aposta na 50mm para obter uma performance parecida!!!!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *