Saiba como firmar parcerias comerciais e ter sucesso na carreira

Tempo de leitura: 9 minutos

Saiba como firmar parcerias comerciais e ter sucesso na carreira

Seu trabalho como fotógrafo está só começando ou você está precisando dar um upgrade na carreira? Já pensou em como firmar parcerias comerciais pode ser o caminho mais certeiro para aumentar o número de clientes no seu estúdio? Dentro do mercado fotográfico, essa é uma das ações mais estratégicas que um profissional pode fazer!

As parcerias comerciais aceleram o processo de atração dos clientes para o seu negócio, principalmente aqueles mais alinhados ao público-alvo que você deseja atingir. Parceiros como lojas, salões de beleza, espaços de festas, entre muitos outros, atendem públicos específicos, que podem se identificar perfeitamente com o trabalho que você oferece.

Quer entender melhor como funciona esse processo e saber o que deve fazer para atrair parceiros e lotar a sua agenda? Então, fique atento às nossas dicas!

Ahhhh, como de costume preparamos uma série de conteúdos extras, em vídeo, para complementar o artigo. Não deixe de assistir!

O que você precisa saber antes da abordagem?

Prepare a sua autoridade

Antes de qualquer abordagem e, até mesmo, antes de definir quem você vai procurar para a sua parceria, é preciso criar autoridade para sua própria marca. Uma das coisas que mais dificultam o fechamento de uma boa parceria é falta de autoridade.

Mesmo que você esteja ainda no começo de carreira e não tenha um escritório ou um estúdio, há algumas coisas básicas que podem ser feitas nesse sentido.

Entre elas estão:

  • fazer um bom portfólio mostrando o que há de melhor no seu trabalho;
  • montar e atualizar uma página na internet, organizada, bem construída, com dados de contato e divulgação dos seus melhores trabalhos;
  • criar páginas com seu trabalho nas redes sociais, como Facebook e Instagram;
  • desenvolver um blog com conteúdos interessantes sobre a sua área de atuação.

Tudo isso ajuda a mostrar ao seu potencial parceiro que você é alguém no mercado, ou seja, está estabelecido!

Obviamente você também se utilizará da autoridade dos parceiros, assiste o vídeo abaixo para entender como…

Mapeie todos os potenciais parceiros antes de abordá-los

Você conseguirá um volume maior de negócios na medida em que busca e atualiza constantemente a sua lista de potenciais parceiros. É preciso definir que tipos de parceiros são interessantes para a sua área de atuação, onde eles estão, qual o público que eles atendem, quem é o proprietário ou o gerente, ou seja, quem é responsável pela tomada de decisão.

Antes de sair de casa para a prospecção você deve fazer um roteiro de visitas com base nesse mapeamento. É comum que você receba alguns “nãos” e, por isso, esse roteiro deve estar bem definido para que você não desanime ou desista. Se estiver começando agora (sozinho), é importante que inicie com, no máximo, três parcerias comerciais, assim você consegue entregar o prometido sem se queimar no mercado.

Fundamental nesse processo de mapeamento é identificar se o potencial parceiro é bem-visto pelo seu público-alvo, se a empresa é idônea e se tem a ver com o produto e a promoção que você pretende entregar. É importante entender se o público do potencial parceiro é exatamente um público que você vai conseguir atender.

Nunca dê trabalho ao parceiro

Você precisa pensar no melhor para o seu parceiro e para o cliente dele e não apenas no seu bolso e no que dará lucro a você. É preciso pensar de que forma você pode ser útil para o parceiro e para o cliente dele, entregando valor para eles. O segredo é que o parceiro entenda que você também está trabalhando para o bem dele.

Muitos fotógrafos vão fazer uma oferta de parceria comercial e não levam nada vantajoso em troca. Eles chegam com uma ideia de que gostariam de fotografar os clientes desse parceiro e pedem que ele os indique, oferecendo uma porcentagem de dinheiro em troca. Isso, em grande parte das vezes, não dá certo.

Só dar dinheiro é muito raso e pode gerar desconfiança. A melhor maneira é você entender as necessidades do seu parceiro e oferecer algo vantajoso para ele que tenha a ver com o seu produto.

Quais as melhores parcerias para fotógrafos?

Se o fotógrafo for de casamento, ele deve pensar em parcerias com profissionais que atuam dentro do mercado de noivas e tenham potencial de indicar clientes para ele, como cerimonialistas, salões de festa e floristas. Deve-se começar com esses parceiros que trabalham diretamente com as noivas.

Esse vídeo complementa demais, assista primeiro…

Lojas de roupa e acessórios femininos

As lojas de roupas e acessórios trabalham com estética e autoestima, que são conceitos muito ligados aos da fotografia comercial. Elas são o parceiro ideal para quem trabalha com ensaios fotográficos. Nelas, você vai encontrar o cliente com perfil social de consumo alinhado com o seu público-alvo e com os desejos que você quer suprir.

Escolas infantis

São uma fonte importantíssima de clientes para fotografia de crianças, é na escola infantil (principalmente os maternais particulares) que está o seu público-alvo. Você pode oferecer-se para fotografar os eventos da escola para iniciar o relacionamento com os pais.

Procure formatar uma ação para vender fotos dentro do evento ou uma ação de relacionamento, em que eles receberão uma das fotos gratuitamente, em troca de seus dados, que poderão ser usados depois, para oferecer um trabalho comercial após o evento.

Consultórios de obstetrícia

Se você trabalha na área de newborn, bebês e gestantes e ainda não firmou uma parceria com ao menos um consultório de obstetrícia, deve correr! Eles são os médicos que atendem gestantes durante a espera de seus filhos. Geralmente, esses profissionais precisam de fotos para alimentar suas redes sociais e até pra decorar os próprios consultórios.

Você pode conversar com o médico e oferecer parceria para criar um painel ou mural decorativo, no consultório, pra conseguir os dados das gestantes e fotografar depois. Médicos, pela lei, não podem fazer propaganda direta, mas podem criar esse painel mostrando os bebês que eles puseram no mundo e isso reforça a autoridade deles e pode trazer novos clientes. Você também pode deixar revistas nas salas de espera, com fotos de crianças que você produziu. Assim, as pacientes se interessam e buscam sua empresa.

Salões de beleza

Muitos fotógrafos fecham parcerias com salões porque estão diretamente ligados à estética e autoestima. Quem vai nesses lugares busca ficar mais bonito, confiante e seguro e pode, também, se interessar em fazer uma sessão fotográfica, aumentando sua chance de venda. Você pode deixar cupons para serem entregues aos clientes para ganhar uma foto no estúdio, por exemplo.

Academia de ginástica

Na academia você pode presentear quem treina e aproveitar a vaidade que leva essa pessoa ao treino para oferecer fotografias em estúdio. Você também pode fotografar os personal trainners para divulgação deles nas redes sociais (o mesmo valendo para a academia). Essa parceria pode ser muito rentável para seu negócio.

O que fazer para dar certo?

Ofereça algo valioso

De cara você pode assistir esse vídeo, esse artigo está parecendo um curso, kkkkkkk.

Pense em algo que o parceiro valorize, que não é dinheiro e que só você pode proporcionar. Podem ser fotos com qualidade para usar nas redes sociais, em troca da sua divulgação. Também podem ser look books para lojas de roupas, por exemplo, ou uma promoção em que um cliente ganha uma foto usando o produto que comprou na loja. O importante é que haja a percepção de que seu parceiro e o cliente dele ganharam algo valioso.

Uma super “desculpa” para fazer uma parceria pode ser o seu blog, quer saber como? Assiste o vídeo abaixo.

Crie a mecânica da promoção

É preciso levar a mecânica da promoção já montada para não dar trabalho ao parceiro. Todo empresário quer divulgar e gosta de ideia de fazer boas promoções, mas muitas vezes não há disponibilidade. Se você leva a promoção formatada, a chance de fechar é grande.

Vá pessoalmente e aborde com um discurso simpático e vendedor

Usar o telefone ou o e-mail para agendar uma reunião com seu potencial parceiro reduz as suas chances de conversão. É preciso ir pessoalmente, com a proposta de parceria em mãos para falar com gerente ou proprietário. O discurso deve indicar que você tem uma estratégia para trocar clientes e aumentar as vendas para você e para a loja parceira. Mostre que todos ganham com a parceria.

Está com dificuldades para abordar os parceiros, então dá uma olhadinha no vídeo abaixo, sei que vai te ajudar.

Já deu para perceber que saber como firmar parcerias comerciais fará o seu negócio crescer muito mais rapidamente. Para conseguir isso, mapeie seus potenciais parceiros, mostre a eles que você é confiável e que vai entregar o que promete. Sempre leve uma ideia pré-formatada da parceria e do que você pode oferecer e converse para ver se realmente é uma vantagem para ele e para o cliente dele.

Você também deve ser sincero em como você ganha com isso. Se você deixar tudo muito claro sobre onde cada um ganha, essa transparência, junto à ideia pré-formatada da parceria, causa o discurso vendedor e é fundamental para você conseguir fechar as suas parcerias.

Mesmo lendo esse guia sobre como firmar parcerias comerciais, você ainda tem dúvidas e precisa de ajuda? Entre em contato conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *