Site para fotógrafos: itens que seu site precisa ter

Tempo de leitura: 7 minutos

Você já reparou que a maioria esmagadora dos sites para fotógrafos segue um padrão?

Logotipo no canto, fotos enormes, uma chamada para pedir um orçamento e alguns ensaios no meio.

Parece bom? Na verdade, deixa um pouco a desejar, não?

Diante de uma concorrência assustadora e, ao mesmo tempo, com inúmeras possibilidades de inovar nos negócios por meio do marketing digital, chegou a hora de investir mais na sua presença online para atrair e conquistar clientes.

Nesse post, falaremos sobre as perguntas que você deve responder a fim de ter um site para fotógrafos arrasador. Vamos lá?

Fotógrafos precisam de um site?

Primeiramente, é importante esclarecer essa questão: muitos fotógrafos não têm um site e acreditam que somente as redes sociais já estão de bom tamanho para divulgar seus trabalhos.

Ok, mas o que você faria na hora de decidir entre uma empresa que tem um site completo e outra que se apresenta apenas com o Facebook da marca, ou quem sabe o perfil de Instagram pessoal?

Qual parece mais confiável?

Não adianta. Empresas que querem passar confiança para seus clientes precisam de um site. As redes sociais são complementares a ele, mas o site é a base de tudo, é o que sustenta sua estratégia de marketing digital.

Vai por mim, se você quer usufruir de todo o poder do marketing digital, você vai necessariamente precisar de um site. O site é o seu terreno na internet, enquanto que, as redes sociais são espaços alugados e temporários, onde você não tem 100% de controle sobre o que vai ser entregue e até quando vai funcionar.

Além disso, sem um bom site e um bom blog você estará de fora da maior rede de pesquisa do mundo, e ninguém quer ficar de fora do Google, não é mesmo?

Portanto, ter um site e um blog no mundo atual, é fundamental se você pretende expandir seus negócios e ganhar a confiança da clientela.

Por que o internauta deve permanecer em seu site?

Agora que você já sabe a importância de manter um site no ar, imagine que um potencial cliente está fazendo uma busca na internet por sites de fotógrafos.

Ele abre uma, duas, três, inúmeras páginas e todas têm uma aparência semelhante, como já comentamos no início deste post.

Pois bem, o que fazer para se diferenciar nesse mundão padronizado?

Não se preocupe, basta dar boas razões para que o visitante permaneça no seu site. E como isso é possível? Lembra das fotos enormes do início do post?

Então… elas mesmas!

Nesse momento, é isso que você precisa para mostrar aos visitantes, além de dizer quem você é, onde está, o que faz e o motivo pelo qual você faz o que faz.

Lembre-se de escolher para esse momento o melhor do seu trabalho (sério, o melhor do melhor). Selecione fotografia incríveis, com ótima resolução, mas, sem deixar o site pesado para não dificultar a navegação.

Para reduzir o tamanho da fotografia sem perder qualidade de visualização recomendamos sites como Kraken ou Jpegmini.

Junte a isso, os dados para contato, direcionamento para um blog e algum texto curto ou frase impactante, que mostre a sua personalidade e estilo, algo que conecte você e o seu trabalho a quem está analisando a página.

Qual é a importância de se investir na otimização do site?

O conteúdo é indispensável, mas a importância fundamental de se apostar em otimização é fazer o investimento valer a pena.

Para tanto, é preciso pensar em uma estrutura competente em termos de programação, com garantia de velocidade no carregamento das páginas, leveza, estética impecável, responsividade e boas práticas de SEO, sendo esta última, a principal.

Todo fotógrafo precisa implementar o SEO nas rotinas administrativas da empresa, verificar como andam as postagens do blog para ter certeza de que existe uma coerência com o público e os mecanismos de busca do Google.

Essa estratégia, quando feita corretamente, continua gerando autoridade e levando as pessoas naturalmente ao seu site, mesmo que você interrompa o investimento nelas. Assim, fica muito mais barato apostar em SEO, que nos links patrocinados, portanto, vale muito a pena debruçar-se nisso.

O conteúdo também deve ser mantido atualizado constantemente, com postagens de fotografia e posts informativos — aqueles sobre dicas. Ao mesmo tempo, é recomendável que o profissional crie e invista em anúncios com esse tipo de conteúdo.

Qual é o seu motivo para fotografar?

A fotografia tem um forte componente emocional, desde que foi inventada. A ideia de congelar momentos especiais para sempre é por si algo único.

Todos nós guardamos uma coleção de fotos que provocam os mais variados tipos de sentimentos quando paramos para olhar e relembrar.

Coloque esse feeling no seu site. Se posicione de forma humanizada, envolva os visitantes levando a eles algo além das imagens. Diga ao público porque você faz o que faz, de preferência em vídeo, expondo os seus motivos para ser um fotógrafo. Muitas vezes, o profissional acredita que as pessoas não procuram por essa informação, mas elas consideram a existência de um motivo e isso precisa ser colocado no site de alguma maneira.

Você é um profissional autêntico e carismático?

Obviamente, ninguém quer registrar momentos especiais com um profissional chato ou sem graça.

Então, um bom ponto de partida para provar que você é um fotógrafo legal é demonstrando isso com leveza e autenticidade.

Exponha o seu estilo de vida, as viagens realizadas, coisas bacanas feitas ao longo da sua trajetória como fotógrafo ou fora dela, sua relação com os animais (caso goste muito deles), enfim, humanize-se e mostre ao seu público que você é real e acessível.

Você tem credibilidade?

A sua credibilidade será notada em tudo o que foi dito anteriormente, mais os diferenciais exibidos com certificações, cursos, workshops, prêmios conquistados, fotos “diferentonas”, depoimentos de clientes, enfim, tudo o que agregue valor à sua bagagem profissional.

Quem comprou, gostou?

Aqui está a oportunidade de ativar o gatilho da prova social, separando um espaço no site para os recados, vídeos com depoimentos de clientes que atestem a qualidade do seu trabalho. Ter outras pessoas falando da sua qualidade profissional e recomendando o seu serviço tem um peso enorme. Isso dá mais segurança e influencia muito na decisão de outros potenciais clientes.

Qual é o próximo passo?

Você deve sempre deixar extremamente claro qual é o próximo passo ao cliente, mas isso não significa usar o velho padrão “peça seu orçamento”. É importante entender que, ao visitar uma página para conhecer o trabalho de um fotógrafo, a maioria das pessoas ainda não está preparada para a compra.

Em vez disso, elabore um CTA envolvente e direcione o público a um conteúdo legal e relevante no blog, faça um pedido para te seguirem nas redes sociais ou ofereça algo interessante que proporcione uma conversão no final, como um e-book.

Um site para fotógrafos impactante, com a sua personalidade, aliado às técnicas de SEO corretamente, faz toda a diferença na sua imagem e certamente ajudará a atrair mais clientes e aumentar os negócios.

Quer saber mais sobre dicas e técnicas para conquistar mais clientes? Siga-nos no Facebook e no Instagram e mantenha-se atualizado!

Assista o vídeo completo do Fotologia sobre esse tema:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *