4 dicas para fotografar no nascer do sol

Tempo de leitura: 3 minutos

Não existem melhores momentos no dia para fotografar do que ao nascer e ao pôr do sol. É simplesmente irresistível para nós fotógrafos esses instantes que chamamos de “hora de ouro”.

A luz tem uma cor incrível, gera sombras bastante suaves e concede uma textura deliciosa às imagens. Difícil não sair de um ensaio nesses horários com algumas boas fotos.

Entretanto, esses períodos do dia são muito rápidos. Se você não se planejar para utilizar bem o seu tempo, pode acabar não conseguindo um resultado muito produtivo. Por isso, separamos aqui algumas dicas para fotografar no nascer do sol. Confira!

Dicas para fotografar no nascer do sol

1. Fique atento ao tempo e se planeje

Como você já sabe, esse período do dia não dura muito. Portanto, é importante definir exatamente o tempo que você tem para fazer suas fotos. Pesquise em sites de meteorologia para conhecer a hora exata do nascer do sol e pense nas fotos que você quer fazer para ser objetivo quando chegar o momento. Se possível, visite o local do ensaio antes para se inspirar. Assim, você já estará com várias ideias em mente.

2. Chegue cedo

O horário do nascer do sol é bastante cedo, mas você deve estar no local das fotos ainda mais cedo do que isso — pelo menos meia hora antes. Eu sei, só de imaginar acordar nesse horário já dói um pouco. Mas, acredite, vale a pena. É importante chegar ao local com folga para ter tempo de ajustar as configurações da sua câmera e estudar o ambiente. Portanto, esteja certo de que ajustou bem o seu despertador.

3. Esteja bem equipado

Você não vai acordar antes do galo cantar para chegar no seu cenário e perceber que esqueceu uma bateria, né? Como o tempo para fotografar com essa luz é muito curto, você deve ter certeza de que está bem equipado. Confira tudo no dia anterior e deixe o seu equipamento arrumado para não ficar correndo atrás de nada durante a madrugada. Falando nisso, não se esqueça de levar uma lanterna, porque estará bem escuro.

Confira se descarregou os cartões, se as baterias estão carregadas e se já guardou tudo o que vai precisar. Ah, e leve um tripé, se você tiver. Ele poderá ajudar bastante nos primeiros raios de sol, quando tudo ainda está mais escuro.

4. Fotografe em RAW

Durante o nascer do sol, as luzes e cores exibidas são as mais variadas possíveis, em relação ao resto do dia. São tantos detalhes e destaques minuciosos que pode ser difícil captar, dependendo da maneira que você fizer a sua exposição. Para ajudar nesse quesito, o ideal é fotografar em RAW. Um arquivo nesse formato armazena muito mais informações do que um JPEG, por exemplo. Algo que na pós-edição vai ajudar muito, pois você tem um controle maior da sua imagem.

Deu para perceber que fotografar nesse horário pode dar algum trabalho, né? Mas, nada que você não tire de letra com essas dicas para fotografar no nascer do sol. Use todas ao seu favor e capriche nas fotos!

Agora que já sabe bem como utilizar essa luz dourada no seu trabalho, que tal aprender como balanceá-la com o ambiente? Descubra agora algumas dicas para fotografia de paisagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *