Saiba como tirar foto com luz do sol

Tempo de leitura: 6 minutos

Muitos adeptos da fotografia imaginam que basta contar com bons equipamentos para criar imagens perfeitas — especialmente em dias ensolarados. Mas a realidade é bem diferente, pois fazer foto na luz do sol (ou até imagens externas, de modo geral) exige muita atenção do profissional.

Se você quer saber mais sobre o uso da luz na fotografia e arrasar no próximo ensaio, continue a leitura deste artigo. A seguir, daremos algumas dicas valiosas que vão ajudá-lo a descobrir o que fazer para tirar ótimas fotos na luz do dia. Não perca!

Entenda a importância da luz na fotografia

Você já deve ter ouvido falar que fotografar é desenhar com a luz, certo? Essa frase demonstra um pouquinho da importância da iluminação na arte da fotografia.

O que a gente já sabe é que a iluminação é o fator primordial para determinar a qualidade de uma imagem. Ou seja: qualquer pessoa que se interesse pelo assunto precisa compreender seu papel na criação fotográfica.

Uma iluminação natural pode ser dura e contrastante, suave ou harmoniosa e, ainda, ter diversas cores ou temperaturas, o que influencia na tonalidade das fotos. A luz representa um papel extremamente importante na fotografia, afinal é por meio dela que somos capazes de observar as cores, o formato e os demais detalhes dos elementos capturados.

Por isso, antes de sair por aí fazendo ensaios em áreas externas — e, provavelmente, se decepcionando com o resultado —, é fundamental saber como funciona uma foto com luz do sol.

Confira nossas dicas para tirar foto na luz do sol

Agora que você já entendeu a importância de uma boa iluminação na fotografia, deve estar se perguntando como isso funciona na prática, certo? Então, confira as dicas de ouro que selecionamos abaixo e esclareça o assunto de uma vez por todas!

Analise o ambiente

Como dissemos, o primeiro passo é verificar o cenário escolhido para ser fotografado. Nesse momento, é importante levar em consideração a perspectiva, o enquadramento e o foco. Teste suas possibilidades, observe em volta do objeto ou modelo e escolha a luz que mais o agrade, sempre de acordo com a proposta da fotografia.

Fique atento aos excessos

Ao contrário do que algumas pessoas imaginam, muita luz pode acabar prejudicando a qualidade da imagem. Por isso, é imprescindível controlar a incidência da iluminação, pois uma foto superexposta fica com cores irreais e até embaçadas. Portanto, antes de fotografar, confira a sensibilidade do ISO para ter um resultado satisfatório.

Experimente a luz de fundo

A luz de fundo é uma função muito útil, que pode ser obtida por meio do posicionamento do objeto ou modelo a ser fotografado. Se posicionando à frente do cenário, com a luz do sol vindo de trás, é possível focar o brilho somente no que será fotografado. Essa estratégia é vantajosa porque pode ser utilizada em qualquer momento do dia.

Trabalhe com as sombras a seu favor

Se você estiver tirando retratos, as sombras podem sim ajudar na composição. Lembre-se: um bom fotógrafo é aquele que sabe como trabalhar nas adversidades. Experimente como o posicionamento das sombras dá um ar dramático às suas fotos.

Procure por janelas

Caso você esteja fotografando em um ambiente interno, procure trabalhar próximo às janelas. Priorize pontos onde a luz do sol rebata em paredes claras, pois assim será possível obter uma fotografia uniforme e com poucas sombras. Mas vale lembrar que o sol é sempre único e também incontrolável. Portanto, aproveitar a luz natural é um excelente exercício para treinar a arte da fotografia.

Treine seu olhar contra a luz

No caso de um ensaio externo, você pode apostar em uma composição diferente de iluminação, que deixe o primeiro e segundo plano bem visíveis mesmo sem usar uma luz de apoio. A imagem final vai depender do horário do sol e, principalmente, do posicionamento do objeto ou das pessoas fotografadas. Por isso, a dica é fazer vários testes até alcançar o resultado desejado.

Faça fotos de silhueta

Já viu aquelas fotos incríveis, em que aparece só a sombra da pessoa fotografada? Também chamado de silhueta, esse estilo de imagem é feito no pôr do sol, em um posicionamento do objeto central contra a luz, e pode dar um toque bem bacana no resultado do seu ensaio.

Primeiramente, é preciso posicionar a pessoa na direção do sol. Depois, ajuste a exposição e o foco do seu equipamento para escurecer e dar destaque ao primeiro plano.

Use o flash de preenchimento

O flash de preenchimento pode ser um importante aliado do seu trabalho caso você esteja fotografando em horários de sol mais forte. Se usado corretamente, ele garante que todos os itens da cena fiquem bem iluminados e que nenhum detalhe seja perdido por conta de luz estourada.

Para testar o recurso, ajuste a iluminação da câmera de maneira a mostrar todo o cenário de fundo. Em seguida, é só posicionar o flash na direção dos modelos (ou objetos) fotografados e clicar bastante.

Quer aprender, de uma vez por todas, como usar o flash de preenchimento no modo TTL? Então dá uma sacada no vídeo abaixo onde eu mostro como usar o sistema TTL para cravar a luz em todos os seus clicks.

Aposte na golden hour

Os momentos antes do pôr do sol, conhecidos como golden hour, são ideais para fotos com uma iluminação mais suave, amarelada, bem preenchida e livre de sombras. Nesse horário, você também pode procurar por algum ponto que cause o efeito de lens flare, ou seja, aquelas manchas circulares que deixam sua foto muito especial.

Conheça a blue hour

Ainda que não seja tão famosa quanto a golden hour, a blue hour também possibilita um resultado incrível para sua fotografia. Ela acontece em dois momentos do dia: um pouco antes do sol nascer e logo depois que ele se põe. Essa luz é muito suave e perfeita para retratos, pois o céu fica com tons de azul e laranja que tornam o cenário perfeito para qualquer imagem.

Neste artigo, apresentamos algumas dicas sobre a iluminação na fotografia, mas o uso e a adaptação de cada possibilidade vão depender do seu objetivo e estilo na fotografia. Por isso, fique livre para criar e vá aprimorando suas técnicas.

Vale destacar que não há luz errada na fotografia: na verdade, existem jeitos e necessidades diferentes. Uma foto com luz do sol pode servir para um ensaio de noivos e até para materiais comerciais. Por isso, o importante é que o fotógrafo entenda de qual luz precisa para atingir seu objetivo.

Como sempre vou aproveitar o artigo para te indicar um vídeo complementar que pode ser o seu próximo passo na direção do sucesso na utilização do por do sol como complemento para um set de luz artificial.

Nosso conteúdo sobre luz na fotografia foi útil para você? Siga-nos nas redes sociais e acompanhe outras dicas que vão ajudá-lo a fazer uma foto na luz (ou não) cada vez melhor! Estamos no YouTubeInstagram e Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *